Museu do Tubarão: atração super bacana em Fernando de Noronha

Acha que já curtiu tudo que Fernando de Noronha tem a oferecer? Já foi no Museu do Tubarão?

Esse nome deixa margem para pouca dúvida. Sim, é uma atração inteirinha dedicada ao grande predador do mar, porém tem atrativos que agradam mesmo quem não é muito fã do dentuço.

No Museu do Tubarão você tem acesso a todas as informações interessantes sobre o animal e de um jeito muito cativante. Não se trata apenas de quadros e fotografias para ver a distância, mas acesso a reproduções fiéis do peixe e a ossadas de tubarões reais.

O museu abriga ainda loja com artigos personalizados e um restaurante que é referência na ilha, principalmente em razão de seu prato especial feito de carne de tubarão.

Ficou interessado? Então confira nos próximos tópicos informações detalhadas sobre as atrações do Museu do Tubarão e de como chegar a seu endereço. Confira!

Localização

Onde fica?

Av. Joaquim Ferreira Gomes, 40, Fernando de Noronha – PE

O museu localiza-se no lado leste da ilha, logo no começo da BR-363.

Há várias rotas de acesso ao museu, mas a melhor irá depender de sua localização na ilha. Entre os serviços de transporte possíveis de se contratar para ir direto ao Museu do Tubarão, estão:

  • Moto;
  • Táxi;
  • Carro de passeio;
  • Ônibus;
  • Bicicleta;
  • Buggy.

Contudo, não deixe de consultar valores e avaliações dos serviços antes de se decidir.

As atrações do Museu do Tubarão

Veja o que te espera ao planejar visitar um dos centros culturais mais populares da ilha de Fernando de Noronha.

Arcadas de tubarões

Os visitantes são recepcionados logo na entrada por um desfile de arcadas dentárias gigantes repletas de extremidades tão brancas quanto afiadas. Tratam-se das arcadas de tubarões, expostas em grandes painéis e colunas enfileiradas em ambos os sentidos.

Elas são expostas de forma variada, seja por meio de painéis, fotos ou mesmo vídeos com conteúdos detalhados, informativos e muito bem editados.

Eles decoram grandes paredes ao lado de outros itens, como reproduções fieis de tubarões de diferentes espécies em corpo inteiro, mapas indicando as rotas seguidas pelos mamíferos na costa brasileira e em outras regiões do planeta, até chegar às águas de nosso país.

Restaurante Museu do Tubarão

O restaurante do museu é motivo de interesse para todos os públicos, especialmente os interessados por frutos-do-mar e dispostos ao novo quando o assunto é gastronomia.

O restaurante do Museu do Tubarão é conhecido pela qualidade de seus pratos, pela especialidade da casa e pela decoração temática.

O visual é lindo e consegue agradar tanto crianças quanto adultos. É repleto de ilustrações do animal marítimo em diversos estilos e tamanhos.

Além disso, tem distribuído nas paredes e no teto, adereços que remetem ao mar e à ferocidade do predador que, sem dúvida, fascina e amedronta ao mesmo tempo.

Contudo, claro que não é a decoração que garante a boa fama do restaurante, mas a qualidade de seu atendimento e das iguarias que serve.

O cardápio é composto por diferentes pratos com frutos-do-mar ou outros alimentos compondo as fartas porções de frutos-do-mar.

Um prato muito requisitado é a moqueca com mandioca.

Prove o tubalhau!

Certamente, a atração principal do restaurante é o tubalhau. Isso mesmo, você leu certo. Tubalhau, feito com a mistura de carne de tubarão com bacalhau. O prato ainda vem acompanhado das sempre bem-vindas mandiocas.

Sem dúvida, carne de tubarão não se vê ou se come todo dia. A maioria dos turistas acaba tendo a sua primeira experiência com a carne no restaurante. Esse é um dos motivos do museu ser muito procurado por visitantes do país inteiro e até de outros países.

Quem prova, costuma não se arrepender. A carne é saborosa e suculenta, e a mistura com o bacalhau acrescenta tempero irresistível. A mandioca entra na jogada para acrescer volume. Uma verdadeira iguaria que merece ser degustada em cada pedaço e com toda a calma do mundo.

O atendimento é rápido e atencioso. Vale a pena visitar o local e conhecer o restaurante, sua decoração e delícias.

Escolha a sua lembrança

Na saída, o visitante se depara com a loja do museu, repleta de produtos temáticos para adquirir como lembrança da viagem incrível!

Há itens diversos vendidos na loja com enorme variedade de estilos, cores e formatos. Apesar de a temática marítima estar presente, não deixa de oferecer opções mais tradicionais que fogem do reino animal.

Contudo, sem dúvida, o tema predominante é o grande predador dos mares com o seu sorriso feroz. Por onde quer que olhe, verá alguma estampa do bicho. Camisas, bonés, canecas, bolsas.

A decoração da loja não é tão inusitada como poderia ser. Talvez seja o aspecto que mais decepcione. Apesar dos artigos se destacarem, por serem muitos e chamativos, ao olhar para a loja fica aquela sensação de que é comum demais para o ambiente em que está inserida.

Ela é muito bem organizada, iluminada e limpa. O atendimento, se não se destaca, também não compromete, mas sentimos que faltou uma inspiração a mais para deixá-la atrativa o suficiente.

Mas isso é apenas uma questão de estética, o que é subjetivo. O que importa é a variedade e qualidade dos produtos – e nisso a loja do Museu do Tubarão não fica devendo em nada.

Monumentos em bronze

Do lado de fora do Museu do Tubarão, há várias esculturas para apreciação do público visitante.

Tratam-se de monumentos de bronze esculpidos a feição do animal homenageado no local.

Na verdade, os monumentos se inspiram no tubarão, pois notadamente são interpretações caricaturais da besta marítima.

Elas ficam suspensas sobre cercas ou são instaladas diretamente no solo, como é o caso do Trono do Tubarão, uma escultura com uma coroa afiada esculpida no encosto do assento e um tridente fixado logo ao lado.

Os turistas podem se sentar no trono e tirar algumas fotos inusitadas para guardar de recordação e compartilhar em suas redes sociais. Ao fundo das esculturas, há o mar agitado de ondas para embelezar ainda mais a fotografia. Vale muito a pena.

Claro que isso pode ser feito em todos os monumentos de bronze instalados no local. A vantagem é que todos estão muito próximos uns dos outros, o que evita que os visitantes precisem se deslocar muito.

Normalmente o lugar não é cheio. Significa que é raro encontrar fila para tirar fotos ou ver mais de perto os monumentos. Contudo, pode ocorrer na alta temporada. Mas basta aguardar um pouco, pois não costuma demorar muito para o espaço ficar vago.

Além do cansaço natural, o sol em Fernando de Noronha não costuma dar trégua e o local não é coberto. O que a maioria deseja é se refrescar logo na água ou tomar uma gelada em algum lugar coberto.

Museu do Tubarão vale a pena?

Avaliando o passeio como um todo, o Museu do Tubarão vale a pena?

No final do passeio, a sensação foi de satisfação. Mesmo quem não se interessa muito pelo peixe acaba sendo cativado pela atração.

Há imagens e fatos inusitados sobre o animal, loja tematizada e um restaurante excelente com um prato inusitado e irresistível. Isso se gostar de bacalhau.

Mas se você não gostar de carne de tubarão, parabéns. É um privilegiado, pois normalmente se descobre apenas na hora se essa carne faz o seu tipo ou não.

Não é a melhor atração de Fernando de Noronha. A concorrência é duríssima, convenhamos. Mas o Museu do Tubarão é, sem dúvida, uma boa opção para um programa sem mar (e conhecer a vida marinha).

Bom passeio, boas compras, boas comidas e boas fotos!

E então, gostou do artigo? Continue acompanhando Mala Pronta Noronha, sempre com o melhor conteúdo de Fernando de Noronha para você!