Roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: As Principais Opções para sua Viagem!

Fazer um roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha significa, sem exageros, conhecer um verdadeiro paraíso e, ainda, ter a oportunidade de fazer, pelo menos, uma trilha interessante.

Afinal, o arquipélago, que tem atrações como a praia da Conceição e a Vila dos Remédios, pertence ao estado brasileiro de Pernambuco, sendo comumente acessado via passagem aérea.

Como Fernando de Noronha está a cerca de quinhentos quilômetros de Recife, a aquisição de uma passagem aérea é a alternativa ideal. Mas, antes terá que passar por Natal ou Recife.  Contudo, chegando em Fernando de Noronha, você poderá praticar o mergulho e conhecer locais como a Vila dos Remédios ou a praia da Conceição.

Se você está pensando em realizar esse sonho e, assim, conhecer a Vila dos Remédios, a praia da Conceição, a praia do Cachorro e tantos outros pontos turísticos da ilha, veio ao lugar certo.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, um roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha, a fim de ajudar você, desde o café da manhã até o jantar, a usufruir de todos os atrativos da ilha de Fernando de Noronha. Boa leitura!

Dia 1 do roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: Centro Histórico e passeio de barco

Ao tomar o seu café da manhã em Fernando de Noronha, sua sensação já será outra! Antes de dar um mergulho e considerar visitar a praia da Conceição, o Morro Dois Irmãos ou a Baía dos Porcos, separe esta primeira manhã para realizar um passeio de barco pelo arquipélago.

Lembre-se, mesmo durante a viagem de férias, que o seu organismo utiliza gordura como uma fonte de energia. Desse modo, o seu café da manhã deve conceder-lhe a disposição necessária para passear de barco e conhecer tantos locais interessantes.

Nesse sentido, é altamente recomendável acordar cedo para não perder o café da manhã. Muitas agências de viagem buscam os turistas por volta das 7h30 para iniciar um passeio que dura cerca de três horas. Assim, esse passeio inclui visitação a locais famosos. Não perca, no horário do almoço, o Festival Gastronômico do Restaurante Zé Maria.

Manhã

Comece passando por ilhas secundárias (Morro de São José, por exemplo) antes de atingir a Cacimba do Padre, o Morro do Pico ou o Morro Dois Irmãos. Nelas, muitos golfinhos tendem a acompanhar o barco pela água.

Na sequência, o passeio deve seguir ao Morro Dois Irmãos – localizado na Cacimba do Padre. A navegação, no sentido oposto ao do Morro do Pico, é realizada pela célebre Baía dos Golfinhos. Você pode chegar à Ponta da Sapata, um dos pontos mais extremos de Fernando de Noronha.

Caso você encontre uma maré baixa no retorno, deve fazer uma agradável parada para snorkel e/ou banho junto à Baía do Sancho, praia do Sueste ou, se preferir, na própria praia Cacimba do Padre. Aproveite para apreciar as belas tartarugas marinhas que acorrem a esses locais.

Ao sair da praia Cacimba do Padre ainda pela manhã, o mais provável é voltar à praia do Porto por volta das 11h. Para esse cronograma ser cumprido em Fernando de Noronha, além de contar com a maré baixa, você não deve se deter na praia do Sueste.

Tarde

Aproveite o pique e vá conhecer a praia do Sueste ou, melhor ainda, o centro histórico da cidade de Fernando de Noronha. Essa região é pequena em comparação à praia Cacimba do Padre, mas não deve faltar em seu roteiro.

Um dos passeios mais procurados em Fernando de Noronha é o roteiro providenciado pelo Ilha Tour. Nesse sentido, você pode aproveitá-lo durante a tarde para passar pelo museu, pelo presídio feminino, visitar as ruínas do Forte Nossa Senhora dos Remédios e conhecer a igreja.

O passeio não é tão longo quanto o realizado na praia Cacimba do Padre, durando apenas 20 minutos. Porém, vale muito a pena para a aquisição de novos conhecimentos.

Contudo, evite excessos durante o almoço, caso participe do Festival Gastronômico.

Caso não escolha o Ilha Tour, vá até o ICMBio e agende as trilhas que deseja percorrer em seu roteiro. Assim, aproveite os percursos que levam à praia Cacimba do Padre ou a famosa Trilha Costa Azul – com mais de 2 km de extensão.

Noite

Para fechar a noite desse primeiro dia em Fernando de Noronha – seja em um roteiro do Ilha Tour ou em um roteiro personalizado – recomendamos o renomado restaurante Varanda, principalmente, após ter ido ao Forte Nossa Senhora dos Remédios.

Incluir o restaurante Varanda em seu roteiro de fim de noite o colocará em um ambiente agradável, com boa comida e que, certamente, proporcionará a oportunidade de relembrar o seu primeiro dia de viagem.

Assim como em outros restaurantes de Fernando de Noronha, frequentados por quem realiza o roteiro providenciado pelo Ilha Tour e visita Nossa Senhora dos Remédios, os preços cobrados neste restaurante não variam muito dos praticados nos demais estabelecimentos de Fernando de Noronha.

Dia 2 do roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: Mirante do Boldró e Ilha Tour

Conforme mencionado, o roteiro do Ilha Tour representa o passeio mais completo da ilha. De fato, todas as agências disponibilizam o mesmo roteiro e destino, em mais de 10 horas de tour pela ilha.

Entre os locais visitados no roteiro, destacam-se o Forte Nossa Senhora dos Remédios, a praia do Leão, a praia do Sueste, a praia Cacimba do Padre, a Baía dos Porcos, a Baía do Sancho, dentre outros.

Em seu segundo dia na ilha, priorize, em seu roteiro, vislumbrar o pôr do sol a partir de alguns locais que favoreçam esta apreciação. E, se possível, dê um belo mergulho.

O Mirante do Boldró é uma boa opção, porém, em quase todos os locais da ilha é possível admirar um pôr do sol de rara beleza – atração inesquecível para casais em lua de mel, noivos ou namorados.

Manhã

Acorde bem cedo no seu segundo dia na ilha e, se desejar, faça o roteiro oferecido pelo Ilha Tour. Este passeio pela ilha durará o dia inteiro, porém, permitirá conhecer os principais pontos de Fernando de Noronha.

Este roteiro representa uma ótima alternativa de passeio para quem deseja obter uma visão geral da ilha. Dessa forma, você pode conhecer, inclusive, excelentes piscinas naturais, como o Buraco do Galego.É uma ótima opção para curtir o pôr do sol com seu acompanhante na viagem.

Durante o roteiro em Fernando de Noronha, é possível fazer paradas nas piscinas naturais, mergulhando tanto no Buraco do Galego quanto em outras do gênero. A dica para almoçar é o Museu do Tubarão.

Depois de aproveitar a trilha dos Abreus, o Buraco do Galego (ou outras piscinas naturais), ir ao Museu do Tubarão implica adentrar um local bacana e que permite saber mais acerca da vida deste interessante animal. O setor no qual o restaurante funciona também é excelente: você não se decepcionará.

Tarde

Saindo do Buraco do Galego e do Museu do Tubarão, você deve iniciar o roteiro de viagem na tarde do seu segundo dia em Fernando de Noronha no Mirante do Boldró. Trata-se de um dos melhores locais para terminar seu dia na ilha.

Isso porque a natureza no lugar é de uma beleza indescritível! É ainda mais impressionante do que no Buraco do Galego. Com toda a certeza, marcará positivamente o seu roteiro de viagem por Fernando de Noronha.

Desde o ponto de vista propiciado pelo Mirante do Boldró, você admirará o mar com águas cristalinas e vida marinha em uma localidade ideal para tirar belas fotos. Portanto, registre para sempre a bela impressão em seu roteiro de viagem.

Caso sobre algum tempo na sua programação da tarde, vale muito a pena dar uma esticadinha até a praia do Sancho.

Noite

Para encerrar a noite do segundo dia em seu roteiro de viagem por Fernando de Noronha, vale muito a pena jantar na pizzaria Muzenza. Principalmente se você tiver gasto muita energia na praia do Sancho ou em outra praia de Fernando de Noronha.

A pizzaria Muzenza deve ser incluída em seu roteiro de viagem (sem esquecer a belíssima praia do Sancho) por ser um dos points de maior badalação em Fernando de Noronha. Além disso, conta com excelentes apresentações de música ao vivo.

Quintas-feiras são os dias mais concorridos no estabelecimento, pois muitos turistas que chegam da praia do Sancho tomam o local como destino para assistir a apresentações musicais de reggae. Se você é adepto do estilo, não deixe de fazer um agendamento prévio em seu roteiro de viagem.

Porém, se você não gosta deste estilo e, assim, prefere o samba, anote em seu roteiro de viagem que o melhor dia para ir à Muzenza é o domingo. A pizzaria começa a lotar às 22h, com visitantes vindos, principalmente, da praia do Sancho.

Dia 3 do roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: Forte dos Remédios e Baía do Sancho

Está considerando a prática de mergulho ou um aluguel de um buggy no seu roteiro de viagem em Fernando de Noronha? Então, fique atento a essa dica: após o Ilha Tour, você entenderá melhor onde fica cada atração, como a praia do Sancho.

Chegará a hora, portanto, de ter mais conforto e mobilidade em sua movimentação pelo arquipélago.

Além de emendar, em seu roteiro de viagem, os passeios que passam pela praia do Sancho, alugue o seu buggy com empresas credenciadas, como a Atalaia Noronha. Preste atenção na documentação e condições do veículo que será utilizado.

Muitos turistas não sabem disso, porém, é comum que, em seu roteiro de viagem, tanto pela praia do Sancho quanto em outros locais, você passe por blitz. Nas blitz, há testes de bafômetro e fiscalização dos documentos, independentemente do seu destino.

Manhã

Aproveite as opções disponibilizadas pelo Atalaia Noronha (incluindo o mergulho) para passar a sua terceira manhã na famosa Baía do Sancho.

Inclua essa praia no seu roteiro de viagem por Fernando de Noronha para conhecer, precisamente, a praia que já foi selecionada, por 3 vezes, como a mais bela do mundo com suas águas de tonalidade azul turquesa.

Em seu roteiro, o costão que circunda a praia torna o cenário ainda mais surreal.

Empreender uma viagem até o local o levará a descer 2 escadas de marinheiro, encravadas na rocha, e outra inteiramente de pedra. A facilitação e organização desse processo é efetuada pela mesma instituição responsável pelo projeto Tamar, estipulando horários para subida e descida.

Tarde

Após conhecer um pouco mais sobre o projeto Tamar e a trilha dos Abreus, programe em seu roteiro de viagem o regresso à Vila dos Remédios para almoçar no delicioso Restaurante Flamboyant.

Vale destacar que o projeto Tamar atrai muitos turistas, principalmente, do Rio de Janeiro. Na sua viagem, reserve o período da tarde para apreciar o centro da cidade sem pressa.

Do centro da cidade você deve ir ao Forte Nossa Senhora dos Remédios. Por lá, é provável que encontre, também, muitos turistas do Rio de Janeiro. A viagem até o local pode ser feita a pé (para ir às praias, é preciso tomar algum tipo de condução).

O Forte era, no passado, a principal estrutura defensiva das praias de Fernando de Noronha. Afinal, muitos invasores estrangeiros tentaram, ao longo da história, empreender viagem ofensiva para dominar este paraíso.

Noite

Na noite do terceiro dia de sua viagem – após ter praticado o mergulho durante o dia – o seu jantar deve ser na Creperia Enfronha. O estabelecimento fica na agradável Praça do Flamboyant, espaço altamente convidativo para passeios em casal ou em grupo, principalmente após um dia de lazer em algumas das praias de Fernando de Noronha.

Apesar de ser bastante simples e contar com poucos lugares, a creperia é o destino dos passeios de muitos visitantes que aproveitam a viagem às praias para se deliciarem com as variadas opções de crepes que a casa oferece.

Como, no terceiro dia de viagem por Fernando de Noronha, você já estará acostumado com os preços cobrados nas praias, ficará satisfeito ao saber que os preços da Creperia Euforonha giram em torno de R$ 50. Sem dúvida, este é um dos passeios em Fernando de Noronha que apresenta uma das melhores relações entre custo e benefício.

Dia 4 do roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: Snorkel no Sueste, canoa havaiana e Cacimba do Padre

Em Fernando de Noronha, mesmo os turistas que não são aficionados por praias e, tampouco, desejam fazer mergulhos profundos na viagem, poderão aproveitar os passeios deste quarto dia, apreciando a rica fauna marinha da ilha em seu habitat natural.

A sua viagem por Fernando de Noronha pode ficar ainda mais interessante caso se instale na Pousada Zé Maria e se programe para ver o pôr do sol.

Logo de manhã, saia para aproveitar as piscinas naturais existentes na Baía do Sancho, na praia do Sueste, na praia do Atalaia e, ainda, nos aquários que se formam junto às pedras da Baía dos Porcos.

Você pode deixar a Pousada Zé Maria de manhã com a certeza de que verá muitas arraias, tubarões, tartarugas e peixinhos coloridos. Nesses passeios, bastará se equipar de pés de pato, snorkel e máscara.

Manhã

A nossa sugestão é que você acorde bem cedo no seu quarto dia da sua viagem à Fernando de Noronha. Assim, poderá fazer passeio de canoa havaiana! Muitos turistas embarcam às 5h30 e remam para acompanhar, no mar, o sol nascer. Essa ida e volta proporcionará uma experiência incrível!

De fato, a viagem de ida e volta em uma canoa havaiana também ocorre em outros horários, porém, a primeira viagem do dia é inigualável, uma vez que deslinda Fernando de Noronha em todo o seu esplendor.

Depois que o sol nasce, os golfinhos aparecem em profusão na ilha de Fernando de Noronha, aproximando-se dos visitantes em sua viagem. Em termos de duração, o passeio se estende por um período similar ao da trilha do Atalaia, isto é, cerca de três horas.

Tarde

Para passar a tarde, após optar por um dos excelentes restaurantes do arquipélago, você pode optar por uma passagem pela trilha do Atalaia ou a Cacimba do Padre.

Nesta viagem, você terá uma visão privilegiada do famoso Morro Dois Irmãos – o “queridinho” de Fernando de Noronha, com grande atratividade para os surfistas e infraestrutura de cadeiras e guarda-sol.

Diferentemente da trilha do Atalaia, a Cacimba do Padre oferece alternativas em Fernando de Noronha como restaurante com boas opções gastronômicas e generosas porções de açaí. Ou seja, é uma praia em Fernando de Noronha ideal para passar a tarde do seu quarto dia de viagem.

Uma das melhores dicas de viagem na Cacimba do Padre consiste em aproveitar as características da praia e praticar o surf. Ela é tida como um dos melhores locais para surfar no mundo, com um lindo mar e uma extensa faixa de areia em Fernando de Noronha.

Os surfistas, bem como a crítica especializada neste esporte, oferecem as seguintes dicas aos turistas: entre os meses de dezembro e março, o mar fica bastante agitado em Fernando de Noronha. Portanto, se você apreciar estes eventos, poderá assistir campeonatos de surf durante a sua viagem.

Noite

Para a noite, aproveite as dicas gastronômicas e saboreie um delicioso jantar no Teju-Açu, localizado na Estrada da Alamoa, sem número. No seu roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha, você não pode perder a oportunidade de conhecer o estabelecimento.

Em Fernando de Noronha, este restaurante faz parte de um luxuoso hotel (de mesmo nome). Para jantar no local, em um dos 6 dias, as dicas dos turistas indicam a necessidade de fazer reservas prévias, uma vez que o ambiente é muito movimentado.

Quanto às dicas propriamente gastronômicas para o jantar de, pelo menos, 1 dos 6 dias em Fernando de Noronha, é pedir um ceviche na entrada e, depois, um prato de risoto com limão siciliano e lagosta.

Dia 5 do roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: Praia do Cachorro, piscinas naturais e praia do Atalaia

No quinto dia do seu roteiro de 6 dias por Fernando de Noronha, agende – junto ao ICMBio – a trilha longa do Atalaia. A instituição disponibiliza cerca de 100 vagas por dia.

Visitar a trilha longa do Atalaia em um dos 6 dias em Fernando de Noronha só pode ser feito durante a maré baixa, mediante agendamento prévio. Vale lembrar que a trilha longa do Atalaia necessita de um guia (a outra trilha, mais curta, não demanda a contratação deste profissional).

Manhã

Durante a manhã em Fernando de Noronha, a atividade que acontece nas piscinas é a de flutuação. O passeio é composto por grupos de até dezesseis pessoas, durante cerca de meia hora, sendo uma excelente opção para uma manhã do seu roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha.

Se optar por essa atração, será necessário utilizar máscara de mergulho (que pode alugar no próprio local) e colete. Como você realizará atividades na água, evite excessos no Festival Gastronômico.

O passeio proíbe a utilização de repelente, protetor solar ou quaisquer tipos de dermocosméticos. À exceção desse passeio, não deixe de proteger a sua pele nos 6 dias que você ficar em Fernando de Noronha.

Tarde

Uma boa ideia de passeio para a tarde no quinto dia do seu roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha é almoçar no restaurante com vista para o mar, destino chamado “O Pico”, que fica na Praça dos Remédios.

Peça novamente o ceviche para a sua entrada, acompanhada por um risoto de camarão. Esse prato é muito apreciado pelos visitantes cujo destino é o famoso Mirante Dois Irmãos – outro atrativo que você não pode deixar de conhecer em um dos 6 dias que estiver passeando por Fernando de Noronha.

Noite

Neste planejamento de 6 dias em Fernando de Noronha, o jantar da quinta noite pode trazer uma experiência diferente. Se você usufruiu, durante o dia, do Mirante Dois Irmãos, a melhor pedida é o restaurante Palhoça da Colina, localizado na Estrada da Colina, número 4.

Como esse restaurante fica na casa de um tradicional residente de Fernando de Noronha, talvez você deseje, em sua programação de 6 dias, um jantar mais sofisticado. Nesse caso, a melhor alternativa é o Restaurante Cacimba Bistrô.

Afinal de contas, um destino de 6 dias representa, obviamente, 6 oportunidades de jantares diferentes. Logo, o Restaurante Cacimba Bistrô pode oferecer pratos mais refinados em Fernando de Noronha, em ambiente ricamente decorado e muito aconchegante.

Dia 6 do roteiro de 6 dias em Fernando de Noronha: Enseada dos Abreus e praia do Bode

O último dos seus 6 dias em Fernando de Noronha não deve ser dedicado a permanecer na pousada – por mais confortável que ela seja. Em vez disso, aproveite para conhecer um dos locais mais populares de Fernando de Noronha: Enseada dos Abreus.

O principal atrativo da Enseada dos Abreus, em Fernando de Noronha, são as piscinas naturais formadas pela maré baixa. Esse é um fenômeno que não pode ficar de fora dos seus passeios nesses 6 dias e que, igualmente, faz valer a pena deixar de lado os confortos da pousada.

Manhã

Ao deixar a pousada em Fernando de Noronha no último dos 6 dias, prepare-se para uma manhã de trilhas. Nesse sentido, é indicado ir à Enseada dos Abreus o mais cedo possível. Afinal, o local recebe apenas vinte e quatro pessoas por dia.

Este é mais um dos caminhos, em Fernando de Noronha, que exigem uma descida íngreme e rústica até as piscinas.

Entretanto, vale a pena pular da cama na pousada na última manhã dos seus 6 dias em Fernando de Noronha. Você descerá diretamente na rocha, apoiando-se em uma corda. Dessa forma, o passeio não é recomendado para quem possui medo de altura, para idosos e para crianças muito pequenas.

Tarde

Depois da agitação desta manhã em Fernando de Noronha, a última tarde do seu roteiro de 6 dias pode começar com um retorno à pousada para tomar banho. Depois, seguir (caso já não esteja hospedado por lá) para almoçar na pousada Ecocharme – também chamada de “Pousada do Marcílio”.

Como estará nas últimas 24 horas do seu roteiro de 6 dias por Fernando de Noronha, convém descansar por poucos minutos. Logo em seguida, saia para curtir a vida marinha (com tartarugas e muitos outros animais) e o sol da praia do Bode.

Noite

Finalize a sua última noite em Fernando de Noronha com um jantar no Restaurante Varanda, situado na Rua Major Costa, número 130.

Depois de ver o pôr do sol, praticar o mergulho e vislumbrar a impressionante vida marinha de Fernando de Noronha, não há nada melhor que o excelente bobó de camarão – um dos carros-chefe da casa!