Trilha Morro de São José, Fernando de Noronha: vale a pena? Tudo o que você precisa saber! 

Se você pretende ir para um dos arquipélagos mais famosos do mundo, saiba que a Trilha do Morro de São José em Fernando de Noronha é uma das mais singulares dentre todas as outras realizadas na ilha e deve ser levada em conta durante o planejamento do seu roteiro.

Diferente do que você pode estar acostumado, a Trilha para o Morro do São José não é como as que conhecemos, no chão de terra ou areia. Dito isso, já te preparo: é uma trilha em meio às pedras e ao mar de Noronha, em contato direto com a natureza e a vida marinha.

Assim como outros passeios, chegar ao Morro São José é bem concorrido, então você pode ter ideia do quanto é uma pessoa de sorte caso consiga fazer essa trilha entre as pedras.

Dessa forma, vamos entender se vale a pena ou não fazer essa trilha durante os dias de estadia em Fernando de Noronha.

Vamos lá?

Localização

Onde fica?

A Trilha Morro de São José fica entre a ilha secundária São José e a ilha principal, Fernando de Noronha.

Lugares próximos:

  • Mirante Air France;
  • Ruínas do Forte de Santo Antônio;
  • Museu do Tubarão;
  • Buraco da Raquel.

Como funciona a Trilha Morro São José?

Assim como vários outros passeios que você deseja realizar em Fernando de Noronha, essa trilha é uma das que precisam de agendamento prévio.

Isso porque ela é parte do Parque Nacional Marinho, então você precisa não só agendar como também realizar o pagamento da taxa ambiental e do ingresso do parque nacional e, provavelmente, contratar um guia de turismo.

Depois de realizados todos esses trâmites burocráticos, é hora de realizar o passeio!

Preparado?

Morro de São José

O Morro de São José é uma das ilhas secundárias que formam o arquipélago de Fernando de Noronha. Em suas proximidades estão a Ilha Rasa e a Ilha Sela Gineta, porém, elas não podem ser visitadas.

A Ilha São José está a poucos metros de distância da ilha principal e pode, inclusive, ser vista do Mirante Air France, onde também começa a trilha ao seu encontro.

No alto dos morros foi construído o Forte São José do Morro, contudo, ele não pode ser visitado durante seu tempo na ilha.

A grande atração, no entanto, é a piscina natural de águas cristalinas, ótima para apreciação e lindas fotos.

Iniciando a trilha

A trilha do Morro São José somente é liberada para acesso e realizada em dias de maré baixa, para que a trilha de pedras apareça e seja possível atravessar.

Além disso, isso acontece para que a piscina natural também não esteja completamente coberta pelas águas do mar.

Então, chegando ao Mirante do Air France, você encontrará com seu um fiscal do ICMBio que confirmará seu agendamento e permitirá que você prossiga se as condições estiverem ideais.

Trilha de Pedras até o Morro São José

O caminho da ilha principal até a Ilha São José pode ser feito através do caminho de pedras. Dessa forma, o guia é completamente dispensável.

Contudo, é importante ressaltar que você estará andando em uma faixa com pedras soltas e molhadas de água da maré, logo, todo cuidado é pouco!

É muito recomendado que você utilize sapatos específicos, como sapatilhas antiderrapantes ou de neoprene, assim sua caminhada será muito mais segura!

Porém, mesmo em meio ao cuidado da travessia, lembre-se de olhar para o horizonte e contemplar o morro chegando e as águas azuis do mar de Noronha.

Travessia pelo mar até São José

Essa, com certeza, é a forma de travessia mais entusiasmante e que agregará muito valor ao seu passeio.

Afinal de contas, não é sempre que se pode fazer uma trilha pelo mar. Ainda mais, uma trilha pelo mar de Fernando de Noronha.

Para essa modalidade de trajeto, é importante que se tenha um guia, pois ele poderá calcular os riscos da maré, explicar bastante as boas práticas e manter você e seu grupo seguros.

Da mesma forma, existem equipamentos necessários para que você chegue a nado até a ilhota. Alguns dos itens são:

  • Snorkel;
  • Pé de pato;
  • Colete salva vidas.

Snorkel

Estes itens são essenciais para o trajeto a nado, afinal de contas, serão os responsáveis por fornecer uma ótima visibilidade de fundo do mar. Em Noronha, o mar costuma estar com a água translúcida, exceto quando se tem dias chuvosos. Mas, mesmo nesses dias, a visibilidade estará melhor do que algumas praias do país.

Enquanto você nada, é possível que você encontre os tubarões lixa, uma espécie muito comum em Noronha e que não é perigosa.

Dessa forma, pode ser que esse seja seu primeiro contato com um tubarão! Realmente interessante, não é mesmo?

Além deles, é muito comum se deparar também com arraias e tartarugas.

As tartarugas são super simpáticas e por vezes podem até te acompanhar durante a trilha – talvez não seja intencional, mas com certeza é uma experiência única.

Pé de pato

Como os passeios aquáticos são muito comuns na ilha, é muito fácil encontrar lugares que alugam equipamento de mergulho. Dessa forma, talvez você não precise procurar muito, mas andar um pouco pela Vila dos Remédios ajudará a encontrar um lugar para fazer a locação.

Os pés de pato são muito importantes para a travessia a nado, uma vez que são 20 minutos dentro do mar.

Sendo assim, eles ajudarão você a não se cansar e ter um melhor deslocamento sempre que bater os pés.

Colete salva vidas

Os coletes são fundamentais para as pessoas que não sabem nadar, mas que não podem perder o encontro com a vida marinha. Logo, na travessia, o colete auxiliará a realizar menos força para se manter na superfície durante o nado, fornecendo também maior sensação de segurança.

Então, ele é um acessório interessante, tanto para os que não sabem nadar, quanto para aqueles que sabem. Afinal de contas, serão 20 minutos a nado para ir e mais vinte para voltar, além do tempo na piscina São José.

Em frente!

Com todos os materiais já preparados, o seu caminho vai durar mais ou menos 20 minutos a nado.

Enquanto isso, você vai curtindo a experiência de fazer uma travessia na água e pode observar à sua volta vários animais marinhos.

É muitíssimo frequente você encontrar vários tipos de peixes, tartarugas, tubarões e corais nas águas cristalinas.

Portanto, durante a travessia a nado, não se esqueça de aproveitar o mergulho e explorar tudo que a vida marinha de Noronha tem a oferecer.

Piscina natural do Morro São José

Essa sim é a grande atração no Morro São José e faz todo o caminho, a nado ou na trilha de pedras, ter valido ainda mais a pena!

A piscina natural do morro é bem parecida com o Buraco do Galego na Praia do Cachorro, porém, muito maior e mais profunda. Por isso, é possível pular na piscina, mergulhar e tirar lindas fotos.

Como já dito, a piscina aparece quando a maré está baixa, logo, você não encontrará muitos animais marinhos – talvez pequenos peixinhos no fundo junto das pedras, mas nada muito além disso.

O mergulho na piscina dura cerca de 40 minutos, e já que existe a restrição quanto ao número de pessoas, você provavelmente ficará lá sozinho curtindo a piscina. Que coisa boa, hein?

Assim como todo o mar em Fernando de Noronha, graças à conservação, a água é cristalina e parece um verdadeiro paraíso, portanto, você poderá descansar um pouco do caminho percorrido, aproveitar e se preparar para voltar, enquanto sente a conexão com a natureza, tão especial e incomparável.

Após o tempo na piscina, é hora de vestir seu colete salva vidas de novo e voltar a nado rumo ao mirante Air France em Fernando de Noronha.

Ingressos para a Trilha Morro São José

Durante toda sua estadia em Fernando de Noronha e de acordo com os passeios que você deseje realizar, será necessário o ingresso do PARNAMAR.

Esse ticket garante que você possa realizar a maioria dos atrativos em Noronha.

Afinal, assim como o arquipélago é lindo, é igualmente preservado.

Por isso, vários atrativos têm quantidades limitadas de pessoas por dia.

Os ingressos podem ser adquiridos através do site do PARNAMAR-FN ou comprados presencialmente na bilheteria do ICMBio.

O valor atualmente é de R$ 126,00 para brasileiros e ele é válido por 10 dias.

É imprescindível o pagamento dessa taxa, já que será necessário o QR Code gerado para agendar e acessar os atrativos desejados.

A Trilha do Morro São José está entre as trilhas que precisam desse acesso, logo, se programe para realizar o agendamento.

Agendamento da Trilha São José

O agendamento para realizar a trilha acontece no mesmo local da compra de ingressos, ou seja, no ICMBio.

Porém, é necessário que você chegue com antecedência, já que os passeios e trilhas são muito concorridos.

O agendamento começa às 16h e você deverá participar de uma pequena palestra falando sobre os atrativos da ilha de Fernando de Noronha, as questões ambientais e de segurança e depois será liberado para fazer o agendamento nas máquinas disponíveis.

Esses agendamentos são feitos para os próximos 4-6 dias, então, se demorar muito, pode ser que você perca a oportunidade.

A Trilha Atalaia Longa, por exemplo, é uma das mais concorridas na ilha e costuma ter suas vagas preenchidas rapidamente.

Da mesma forma, a Trilha do Morro São José tem lotação máxima de 16 pessoas por dia, e por ser incrivelmente bonita, também pode acabar com as vagas rapidamente.

Então, é recomendado que você faça esses agendamentos assim que pousar em Noronha.

Preciso de um guia para realizar essa trilha?

Para essa trilha não é obrigatório ter um guia, contudo, durante a travessia da ilha principal para a secundária, onde está a grande atração, a piscina natural, há uma trilha de pedras em meio ao mar. Aqui, pode ser útil contar com a ajuda de alguém mais experiente.

E, ainda, os conselhos sobre melhores horários ou sobre se a maré está propícia ou não para ser enfrentada serão dados por guias experientes, que conhecem a área e o comportamento da maré.

Por isso, é indicado que você contrate um guia, principalmente, se quiser fazer a parte aquática da trilha, que é o grande diferencial da Trilha Morro São José.

Então, caso você opte por de fato ter um guia te acompanhando, no mesmo local das reservas dos passeios você pode contratar os horários e datas para realizar a trilha com guias cadastrados mostrando seu voucher, ou pode optar por receber recomendações no hotel ou pousada.

No segundo caso, combine bem os horários e forma de pagamento, para que não haja problemas no seu roteiro.

Agências de turismo: outra opção para fazer a trilha

Como você deve imaginar, em Fernando de Noronha existem inúmeras agências de turismo que podem te auxiliar a fazer seu passeio e oferecer guias para isso.

O grande diferencial de utilizar agências neste passeio é o transporte, já que a maioria busca você no hotel, leva até o Air France, depois faz o caminho de volta e deixa de volta onde você está hospedado.

O valor para esse passeio, por pessoa, costuma estar na faixa de R$ 150,00 e pode ser contratado após realizar a reserva do passeio.

Costuma estar incluso no pacote:

  • Translado para ida e volta;
  • Guia.

Não costuma estar incluso:

  • Equipamento de mergulho;
  • Taxa de preservação;
  • Ingresso parque nacional do PARNAMAR.

Algumas dicas para aproveitar melhor a Trilha Morro São José, em Fernando de Noronha

Claro que essa é uma oportunidade e tanto durante a viagem a Fernando de Noronha, ou seja, realizar uma trilha não convencional e super concorrida. Por isso, separamos algumas dicas para que sua trilha entre as ilhas seja ainda mais confortável.

Primeiramente, não se esqueça do agendamento no primeiro dia, já que a depender da quantidade de dias de permanência na ilha, você pode não conseguir marcar o passeio que você gosta e quer fazer. Lembre-se: apenas 16 pessoas por dia conseguem ir nessa trilha.

Além disso, lembre-se que a ilha toda é uma área de preservação. Dessa forma, em algumas praias específicas não é permitido utilizar protetor solar, então, ter uma camiseta com proteção UV pode ajudar a evitar queimaduras solares, principalmente com a quantidade de tempo que se fica na água.

As pedras são uma parte constituinte da trilha, então, esteja atento ao tipo de calçado que você irá utilizar. Prefira os antiderrapantes e aqueles que estejam firmes aos pés para que você não escorregue ou faça uma trilha desconfortável. Ninguém quer sair de Fernando de Noronha com lembranças tristes e dolorosas, não é mesmo?

Caso você esteja disposto a realizar a trilha a nado e observar mais de perto a vida marinha no caminho para o morro, lembre-se dos equipamentos de mergulho. Se você não tiver os seus próprios, na ilha é bem fácil de encontrar locais que os oferecem para aluguel.

Como já falamos, a presença de um guia é opcional, porém, eles são conhecedores da região e podem, ainda, compartilhar bastante carga cultural sobre os atrativos.

Além de garantir a segurança do grupo, a maioria também tira ótimas fotos e sabe bem quando o swell está entrando e quando a maré está ideal para o passeio.

Considere ter um guia durante seu passeio na Trilha do Morro de São José.

Trilha Morro São José, Fernando de Noronha: alguns prós e contras

Até agora você já conseguiu compreender o atrativo da trilha, os diferenciais e o quanto ela pode ser interessante para estar no seu roteiro de viagem.

Porém, para que não restem dúvidas, vamos a alguns prós e contras.

Pontos positivos da Trilha Morro de São José Fernando de Noronha:

  • Trilha única, é bastante diferente das que podem ser realizadas em outros locais da ilha ou até mesmo de outras atrações turísticas em localidades variadas no Brasil;
  • Realizar a parte a nado da trilha pode oferecer maior contato com os animais marinhos, tornando a experiência ainda mais completa e inesquecível;
  • Para quem gosta de aventura e experiências inigualáveis, é a trilha perfeita;
  • Pouca quantidade de turistas realizando a trilha ao mesmo tempo, oferecendo privacidade e a possibilidade de curtir sem precisar dividir tanto o espaço;
  • Apesar de recomendado, não é obrigatório ter um guia, o que pode ajudar a economizar e dar mais liberdade para quem curte passear de forma mais autônoma;
  • Ótimo lugar para tirar fotos e apreciar uma bela vista do mar de dentro.

Pontos negativos da Trilha Morro de São José Fernando de Noronha:

  • Trilha de dificuldade moderada, portanto, exige bastante atenção;
  • Não é acessível para cadeirantes e pessoas com dificuldades de locomoção, como idosos ou crianças muito pequenas;
  • Exige planejamento e agendamento prévio;
  • O agendamento, aliás, é concorrido;
  • Você pode acabar perdendo um precioso tempo da sua viagem (como 2 ou 3 horas) cuidando de toda a parte burocrática para poder fazer a trilha.

Afinal, a Trilha Morro São José em Fernando de Noronha vale a pena mesmo?

Acredito que, com tudo o que apresentamos nesse post, você já consiga ter todas as informações para considerar colocar essa atração na sua agenda de atrativos em Noronha.

Contudo, devo confessar que, particularmente, considero essa como uma das trilhas e experiências únicas, nas quais serão poucas as oportunidades de fazer. Ou seja, se a oportunidade surgir, você não deve deixar escapar.

O diferencial dela está tanto no trajeto, como no destino.

Em Noronha, os turistas sempre buscam por atividades em que estejam em contato com a água, que possam realizar snorkel e estar em contato com os animais marinhos – e essa é uma oportunidade em um contexto bem diferente. Afinal, você não vai se dirigir a um lugar apenas pelo snorkel, como acontece na Praia do Atalaia, por exemplo, mas fará uma travessia a nado!

Com certeza, essa é uma experiência para se vivenciar, e quando se leva em conta a cor das águas de Noronha, mais se tem certeza disso.

Já a piscina com fundo de pedras é um incentivo para continuar na trilha e ver, bem de perto, como uma maré baixa pode mostrar tantas coisas escondidas.

Por fim, eu diria que ir à Trilha Morro de São José, Fernando de Noronha, não só vale muito a pena, como é uma parada obrigatória durante sua viagem.

Bora fazer as malas e curtir esse paraíso?

Até a próxima!